Ainda não há comentários

SOM AUTOMOTIVO: Frente Parlamentar da Indústria da Música buscará melhores regras para o som automotivo

Som automotivo terá Frente Parlamentar para trabalhar as leis do setor.

12 de março, Congresso Nacional – Presidida pelo Deputado Roberto Pessoa/CE e a ANAFIMA CBS– Associação Nacional da Indústria da Música e Som Automotivo – na direção do Conselho, a Frente Parlamentar da Indústria da Música trabalhará as leis que possibilitem o som automotivo, bem como a conscientização dos usuários junto à sociedade.Legislar, ampliar, profissionalizar e defender a cadeia produtiva da música foi o foco colocado pela FREMUSICA – Frente Parlamentar da Indústria da Música, que realizou sua primeira assembleia no último dia 12 de março, presidida pelo Deputado Federal Roberto Pessoa. Na ocasião, representantes da indústria do som automotivo, entidades de classe, ECAD e outros profissionais estiveram presentes.

“Temos que achar o ponto de equilíbrio entre o poder público e os proprietários de som automotivo. Não podemos deixar pessoas terem seu som automotivo apreendido”

– Explica Daniel Neves, Presidente do Conselho da Frente Parlamentar da Indústria da Música e da ANAFIMA CBS.A Frente Parlamentar trará discussões sobre a legislação do som automotivo, showbiz, equipamentos de áudio entre outros temas referente ao mercado da música. Para Daniel Neves, Presidente do Conselho da Frente Parlamentar da Indústria da Música, “A FREMUSICA tratará do aspecto pragmático e tudo que abrange os negócios que envolvem a música”.

“Estamos trabalhando para toda a cadeia produtiva do som automotivo e outros negócios relacionados à música. É necessário legislar corretamente para que o impacto que ela produzido na economia direta e conexa seja ampliado e efetivo”

– explica o Deputado Federal Roberto Pessoa/CE.

Suprapartidária

A FREMUSICA – Frente Parlamentar da Indústria da Música – é suprapartidária e está aberta para colaboração e idéias de instituições e empresas relacionadas a cadeia produtiva da música.Para Neves, esta ação inaugura a maior movimentação política para o som automotivo e música no Brasil, entretanto, “a batalha dependerá também da própria organização dos produtores de campeonatos de som automotivo dentro dos municípios”. “Os proprietários do som automotivo não podem entrar em guerra com a polícia e sociedade, buscamos harmonia para que não haja a continuidade da repressão que existe hoje em dia. Bom senso será a regra.”, conclui.Para entrar em contato acesse o site da ANAFIMA CBS – Associação Nacional da Indústria da Música.

www.anafima.com.br
___________________________


Presidente da Frente Parlamentar – Deputado Roberto Pessoa

Som auto

Publicar um comentário