Ainda não há comentários

Diretoria e Associados da ANAFIMA se reúnem com Paulo Skaf e diretoria da FIESP

O Presidente da FIESP abriu os trabalhos referindo-se sobre a situação econômica, política e social que o país atravessa, em seguida passou à palavra para o Presidente da ANAFIMA/Sindimúsica.

Nesta reunião de trabalho foram discutidos tópicos relevantes ao mercado, segue:

 

Apoio do Sebrae para capacitação das micro e pequenas empresas, para o varejo e pequenas e médias indústrias. Os diretores da Anafima para os mercados de áudio profissional, áudio automotivo e instrumentos musicais irão dar proseguimento, trabalhando próximo ao Sebrae SP e ao núcleo de educação do SESI SP. Está agendado o encontro com diretores do Sebrae SP para a próxima semana.

 

– Informalidade: foi debatido sobre a problemática e complexidade da comercialização ilegal, potencializada em épocas de crise. As entidades se propuseram a trabalhar juntas para coibir incisivamente a informalidade nos setores – clara e prontamente nomeada pelo próprio Skaf de ‘Ilegalidade’. Nossa comissão jurídica trabalhará com o núcleo da FIESP .

 

Orquestras do SESI e educação musical através da instituição. O SESI possui 10 orquestras e 19 teatros, além de juntamente com o SESI SP Cultura, promoverem diversos eventos e festivais de música e cultura em geral. Paulo Del Picchia, diretor de marketing da Anafima, trabalhará próximo ao Sr. Alexandre Pflug, Diretor da Divisão de Qualidade de Vida, onde se encaixam todos os projetos culturais e de educação/capacitação dentro do Serviço Social da Indústria (SESI).

 

– Capacitação – Será complementado com a abertura de oficinas dentro do SENAI para formação e capacitação de profissionais no setor. Neste tópico, incluem-se profissionais da indústria de instrumentos, pro áudio e áudio automotivo.

 

– Adesão a campanha – Continuidade na já conhecida luta pela redução de impostos (tanto pela Anafima quanto pela FIESP) em todos os setores que a entidade atua.

 

Foi entregue ao Presidente da FIESP uma guitarra, amplificador, correia e uma caixa bluetooth personalizadas com o símbolo da campanha “Não vou pagar o pato”.

 

Publicar um comentário